terça-feira, 10 de novembro de 2009

Descobertas!!!!

Olá meninas,

Bem, já estou mais recuperada da faxina de ontem, hoje descansei, mas amanhã tem mais um pouco, devagar e sempre, esse é agora um dos meus lemas.

Hoje tive sessão com a psico, eu tô gostando muito, pois me conheço mais a cada dia e isso tem me feito um bem danado.

O assunto de hoje foi, eu esperar demais dos outros e me decepcionar, porque nem sempre o outro corresponde as nossas expectativas.
As pessoas só podem dar, aquilo que elas tem pra dar e as vezes, quase sempre, não é bem o que nós queremos resceber, falo isso porque me sinto triste com algumas atitudes por parte de pessoas que amo muito(família), as vezes parece que a pessoa não se importa com você, mas hoje consegui entender de uma vez, que cada um ama do seu jeito, e isso não quer dizer que não ame, mas sim que ela só sabe amar dessa maneira.
Foi bom, assim paro de esperar tanto dos outros, sei que eu preciso me amar, ninguém pode viver, emagrecer, ser feliz por mim, eu tenho que assumir a minha vida, é isso que vou fazer daqui pra frente, sei que não vai ser da noite pro dia, mas eu vou conseguir.

Sei que, pareceu pra muitas pessoas, que eu só serei feliz depois que emagrecer, mas quero deixar claro que não é isso, eu sou  feliz, mas infelizmente não me aceito gorda e além disso a obesidade tem me tirado a saúde, então eu sei que só me realizarei quando emagrecer, eu vou voltar a viver literalmente.

Pode parecer estranho pra muitos, mas depois que cheguei aos 100kg, minha vida parou e hoje eu sei que eu, Renata, só serei plenamente feliz sendo magra, porque o complexo está em mim, se eu me aceitasse como eu sou, tava beleza, conheço pessoas que são gordas e muito bem resolvidas, mas esse não é o meu caso.

Só estou dizendo isso, porque na terapia, também consegui entender isso, que a obesidade, me faz ser deprimida e eu só vou resolver isso emagrecendo, mas o melhor é saber que isso não é errado, eu posso sim querer emagrecer pra ser feliz, eu tenho mais é que fazer tudo pra encontrar essa felicidade plena, inclusive me submeter a uma cirurgia se isso vai me ajudar, no meu caso é a melhor solução.

Eu disse tudo isso, porque sei que muitas de vocês se preocupam comigo e pensam que estou depositando toda minha confiança na cirurgia e quero que saibam que eu estou bem consciente que ela não é uma mágica, mas sim uma ferramenta que irá me auxiliar nessa luta, mas que a maoir parte depende de mim, e eu estou disposta a dar tudo de mim pra voltar a ser feliz comigo mesma.

Bem pessoas do meu coração, vou ficando por aqui, sei que o post de hoje foi meio sério, mas acho que essas coisas que eu consegui entender podem ajudar outras pessoas que passam pelo mesmo problema que eu, isto é, não se aceitam gordas.

Quase ia me esquecendo de mostrar pra vocês o presente que meu môr lindo me deu no dia que saiu a autorização da ciru, essa borboleta fofinha, amei!!





Obrigada mais uma vez, pelo apoio e carinho de todas vocês,



Muitas beijocas.


12 comentários:

Fafá disse...

OI amada, bom saber que vc ta se descobrindo na psicóloga, to feliz demais por vc, parabéns pela autorização da sua cirurgia, vai dar tudo certo,to aqui na torcida, beijo.

Golden Girl disse...

OI Lindona!!
é isso aí! O importante é lutar pela nossa felicidade e pela nossa saúde!
Temos que nos amar sempre, e é exatamente por isso que buscamos melhorar!
Bjos

Fabiola Neves disse...

É isso aí, miga!
Pé no chão, consciência firme e forte.
Força na peruca e Vamo que vamo!!!
A borbeletinha é uma fofa!!! Seu amor tem bom gosto!!
Beijinhos

Caroline Carvalho disse...

Olá querida...

Primeiro quero lhe dizer que estais mais que convidada a conhecer Santa Catarina e de quebra assistir algum espetáculo que estou atuando, será um prazer lhe recepcionar =)

E em segundo, são exatamente sensações como estas que estais passando que descubro na terapia também, não podemos deixar de negar que vivemos em um mundo que nos é imposto o que devemos e como devemos ser. Acredito realmente que buscar modificar o mundo seria pretenção nossa, portanto a melhor forma de nos adaptar a tudo isso é descobrindo em nós o que nos encomoda e juntar forças para que o melhor aconteça em cada uma de nós.

Fiquei feliz em ler seu post, você aparenta segurança e clareza no que desejas, isso é ótimo!

Beijossss

gloria disse...

oiii, amiga!!! nossa suas palavras servem para todas nós, pois sou assim tmbm, não m aceito GORDA, para isso faço terapia a um ano, para resolver esse problema, pois todos diziam q era coisa da minha cabeça. a terapi m fez muito bm, mas não em relação ao meu corpo, por isso a atitude d fazer a cirurgia. s temos ao alcance um uma forma para nos sentir felizes pq não usufruir, realmente o papo foi sério, mas serviu para muitos q passam pelo teu blog, bjsssss minha querida

Serei uma borboleta disse...

Oi Renata,tudo que você disse também é uma verdade para mim, por isso estou aqui. Ainda estou esperando a autorização do plano.
que bomque já conseguiu. Estou torcendo por vc. Beijos!

claudia disse...

Não sei se magra serei feliz, mas sei que gorda não sou...beijinho

Clau disse...

Oi, flor???
nossa menina, não aguento mais sentir dor...mas espero q tudo isso sirva p/ eu pegar um laudo,né?
enfim...ainda bem q a sua psicóloga é boa, poia a minha era um lixo.
Te desejo sucesso hoje e sempre e se vc estivesse perto de mim eu estaria aí te ajudando c/ a faxina.
beijokas

Lu disse...

Oiiiiiiiii...Renata

Obrigada pelo apoio amiga , ainda estou na metade da minha caminhada, pois minha cirurgia será provavelmente em abril.Mas estou muito feliz pelas minhas amigas borboletas ou quase borboletas rsrsrsr ... beijokas

Lilith disse...

Rê, vc vai fazer com a equipe do instituto garrido? Qual hospital? ebaaaaaaaaa
Vamos ficar lindas juntasssssss

Marina Vieira Claro disse...

Estou muito feliz lendo seu blog... só notícias boas,...

Estou rezando pelo seu sucesso,... sei que Deus está te acompanhando e tudo dará certo...

um beijo...

Clau disse...

Oi, minha flor???
obrigada pela força..viu???
amanhã vou no médico ver isso direitinho.
bjsss